Se temos um destino traçado nos mínimos detalhes até o último dia de nossas vidas, seriamos todos escravos. Mas não é nisto que acredito. De fato, somos prisioneiros de nossas escolhas, mas quem mais pode ser dono de nossas escolhas ao não ser nós mesmos?

E graças a Deus somos livres para fazermos nossas escolhas. O que peço a Ele é que me dê sabedoria para que eu siga pelo caminho certo, o que me fará mais feliz, e que neste caminho eu possa prestar atenção nos detalhes, consiga desviar das pedras e das pessoas ruins.

A onde quero chegar é muito importante, mas o trajeto, que leva a maior parte do tempo é fundamental.

Na vida profissional também é assim!
Contei com a sorte para algumas oportunidades. Escolhi algumas e renunciei tantas outras. Jamais saberei se ao optar por um trabalho ao invés de outro me privei ou me livrei de algo. As pessoas que conheci, os amigos que fiz a experiência que adquirir, todos são resultados de uma escolha e não um destino. Nós somos donos de nossa própria história presos em um insustentável acaso. E a vida é essa eterna dúvida entre a leveza das escolhas e o peso das consequências, mas também é o que faz ela ter toda graça de querer arriscar, sonhar e planejar.

Também há quem diga que existem momentos em que é preciso dar dois passos atrás para se conseguir depois dar um para frente. E eu digo que até para recuar é preciso sorte. É preciso da sorte para andar de costas e tropeçar em algum lado. Sim, as pessoas precisam contar com a sorte. Não estou falando que não é preciso apenas ter sorte para ser bem sucedido, ou sei lá, que alguém que não deu certo na vida deva culpar a falta de sorte. Não, não é isso. É claro que tem que trabalhar e suar muito, mas e o que vem no caminho, como saberemos? o acaso não nos protege.

Estou refletindo sobre esta questão pois, mais do que nunca, minhas escolhas estão claras e sinto que tenho absoluto controle sobre elas. Ainda que incertas, é incrível poder decidir e prever o meu futuro por conta de um SIM ou um NÃO. Tenho aprendido a conviver melhor com o medo de errar pois a vontade de acertar tem sido muito maior.

Aonde vou estar amanhã, ou daqui 05 anos?
Tenho metas, sonhos e muitos planos. Lutarei por todos eles e estou disposta a ser flexível com o acaso. Meu segredo é ser resiliente.
Trabalhar duro, ter muita fé e contar com a boa sorte.  Nosso presente é resultado de uma consecução de atos feitos ontem. Às vezes nem tivemos opões, ou não pudemos enxerga-las. Algumas vezes nossas escolhas foram impostas por outros e, já outras, nem foram feitas por nós. O que importa mesmo é viver o melhor que o hoje tem para nos oferecer e planejar o futuro sem medo dos infortúnios.

Anúncios